Micropuntura e Micropigmentação | Ilúmina Clínica de Estética

Micropuntura e Micropigmentação

Técnica Inovadora para eliminar estrias e cicatrizes.

Categoria:

Trata-se de uma técnica inovadora e uma ótima opção para resolver o problema de estrias antigas (as mais branquinhas) e também de cicatrizes.

Muito usada também para reestabelecer a forma e a coloração do complexo aréolo/mamilar pós mastoplastia e pós mastectomia.

Como é feito o tratamento de estrias e cicatrizes?

Em uma primeira fase, realiza-se a Micropuntura com o auxílio de um dermógrafo e agulhas finas. Esse processo ativa a circulação, aumenta a produção de colágeno e elastina, levando a regeneração do tecido. Nota-se o resultado logo na primeira sessão, diminuindo consideravelmente a espessura e melhorando a coloração.

A segunda etapa é a Micropigmentação, que consiste em um depósito de pigmentos (cor da pele) na camada subepidérmica da pele com o auxílio de um dermógrafo e agulhas apropriadas, que elimina a cor branca, disfarçando totalmente a estria e a cicatriz.

Como é feita a micropigmentação areolar?

O primeiro passo é buscar a simetrização entre as duas aréolas, o que na grande maioria das vezes encontram-se já prontas para micropigmentação, principalmente nos casos de mastectomia onde é previsto o uso da técnica.

Realiza-se uma medição observando rigorosamente a boa horizontalidade, para evitar um resultado inestético das aréolas, em seguida aplica-se o desenho e inicia-se o depósito de pigmento.

A verificação do trabalho realizado será a partir dos quinze dias posteriores a pigmentação aplicada, observando-se a densidade da cor. A cliente deverá fazer uma revisão. Um mês após, para um possível retoque ou a confirmação de um excelente trabalho

Importante:

O pigmento tem duração de até dois anos, em média, pois a renovação celular constante em função do uso de ácidos rejuvenescedores e ação dos raios solares são fatores que contribuem para o desbotamento do pigmento, sendo que é possível refazer a técnica após esse período

Quem pode fazer?

A técnica pode ser realizada em qualquer parte do corpo e em qualquer fototipo de pele. Qualquer pessoa pode se submeter à técnica, sendo contra indicada para quem tem Diabetes, hemofilia, câncer de pele, herpes labial, alergias tópicas, urticária física (dermografismo), telangiectasias, portadores de marca-passo e gestantes.

Vídeo

Nome

E-mail

Telefone

Data

Horário